Sábado, 28 de Abril de 2012

Psicomotricidade e envelhecimento ativo

 

A saúde e a promoção da qualidade de vida, junto das pessoas idosas, é uma área que ao longo dos anos tem vindo a ganhar cada vez mais importância e consequente interesse, dissuadindo um estilo de vida sedentário, dando lugar a uma nova perspetiva, com saúde, independência, funcionalidade, qualidade de vida, que exprimem o conceito de envelhecimento ativo e saudável.

O envelhecimento humano é um processo fisiológico, que não está estreitamente ligado à nossa idade cronológica. Embora seja um percurso geneticamente programado, inevitável e continuo, é uma etapa da vida, que precisa de ser preparada, tendo em vista que decorre de uma serie de modificações que necessitarão de adaptações.

“ Quem nasceu no Portugal de 1960 podia esperar viver 60,7 anos se fosse homem e 66,4 anos se fosse mulher, mas, para quem nasce hoje, a esperança média de vida à nascença é de 75,4 anos para os homens e de 82 para as mulheres, e projeta-se que aumente, respetivamente, para 82,3 3 87,9 em 2060.” Inquérito Nacional de Saúde 2005/2006. (Paul e Ribeiro, 2011, p.7.)

Nesse sentido, é importante ter em conta o panorama de longevidade em Portugal e alertar para a importância da criação de hábitos de vida saudáveis no processo de envelhecimento.

Promover um envelhecimento saudável não é mais do que um somatório de atividades em prol da qualidade de vida, atenuando os défices motores e mentais que acompanham a longevidade. Essas atividades não se limitam à prática de atividade física, mas incluem também o envolvimento do estímulo cognitivo, alimentação saudável, interação com os outros, onde a Psicomotricidade exerce um efeito preventivo e reabilitativo nas áreas psicomotoras afetadas.

Desse modo, é evidente a importância da intervenção psicomotora na população sénior, como forma de proporcionar e desenvolver a motricidade, melhorar o equilíbrio, aperfeiçoar a dominância lateral, estimular a sua orientação espácio – temporal, esquema e imagem corporal, e a coordenação motora, global e fina. A Psicomotricidade

não traz só benefícios para a saúde motora e mental da pessoa idosa, como favorece o equilíbrio afetivo.

A influência da Psicomotricidade passa por um programa de preparação e manutenção de auto - suficiência, isto é, tentar impedir que o idoso perca a sua autonomia, através da manutenção da sua saúde física e mental, onde se pretende estimular as capacidades psicomotoras, autoconfiança, satisfação, bem-estar psicológico e interação social.

Contudo, a melhor prescrição para um envelhecimento saudável é saber envelhecer, não aspirando contra o que é certo e que não se pode evitar, mas que podemos através de boas práticas, contribuir para um significativo bem-estar e qualidade de vida.

 

Referências bibliográficas

PAÚL C. , RIBEIRO O. (2011), Manual de Envelhecimento Activo -  1º Edição Lidel, Lisboa.

 

 

Alexandra Menezes

Técnica de Psicomotricidade – Estagiária da Santa Casa da Misericórdia de Angra do Heroísmo ao abrigo do Programa Estagiar L.

 

sinto-me:
publicado por servoluntariosempre às 00:37
link do post | comentar | favorito
|

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Junho 2014

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30

.posts recentes

. Entrevista ao Diario Insu...

. Até já!

. Boas Festas!

. Dia Mundial da Saudação

. Prémio BPI

. A Solidariedade

. Entrevista ao Diário Insu...

. Entidades Familiarmente R...

. Afetos com 4 patas

. Coro da Academia Sénior, ...

.arquivos

. Junho 2014

. Abril 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Julho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

blogs SAPO

.subscrever feeds