Quarta-feira, 14 de Março de 2012

Envelhecer Ativamente

Numa vida tão agitada e preenchida como a da nossa sociedade, muitas vezes não pensamos como devíamos no futuro. Mais frequentemente do que seria desejado, depois da reforma, as pessoas, ou por se sentirem cansadas, ou por falta de estímulos e conhecimento do que ainda podem fazer, acabam por se acomodar a uma vida pouco ativa. Bem… será mesmo isso o que o nosso corpo quer? Ou o que a nossa mente quer? Ou o que nós realmente precisamos?

            Não somos livres de escolher percorrer ou não o caminho para a velhice, mas somos livres de decidir como o fazer.

            Há pouco tempo, ao ler um artigo de uma voluntária, conheci algo de grande valor: a regra dos 3 p’s – “pouco, pequeno e possível”.

             É uma regra que pode servir para tudo na vida, dependendo do contexto em que a empregamos. Para quem acha que já não é capaz, pode ser de ouro! Fazendo um pequeno esforço todos os dias para fazer um pouco de qualquer coisa que se goste, será possível percorrer o caminho com maior qualidade de vida. São pequenas coisas: jogos de palavras, de memória, voluntariado, caminhadas, convívios, ler, brincar com os netos. O importante é não parar; lembrar sempre a sabedoria do povo: “Parar é morrer”. A mim faz-me acreditar que, com um pequeno esforço de cada um, torna-se possível mudar um pouco o mundo (afinal ainda tenho 16 anos, é tempo de acreditar e lutar por isso).

            É também por ter esta idade e ser voluntária na Santa Casa da Misericordia de Angra do Heroísmo que este ano - Ano Europeu do Envelhecimento Ativo e da Solidariedade entre Gerações - me diz muito.

             Lidando com um número significativo de idosos já há algum tempo, foi-me possível conhecer pessoas que, mesmo já tendo perto dos 100 anos, e por terem mantido uma vida ativa, conseguem ter uma conversa perfeitamente normal e pessoas que, infelizmente, nos seus sessente ou setenta anos, já não o conseguem fazer. É claro que a força dos genes e das doenças é tremenda, mas eu acredito que a força de vontade a consegue, pelo menos, atenuar. O segredo é começar a aplicar a regra dos 3 p’s desde cedo.

            Por outro lado a atividade do voluntariado também me permite reconhecer o valor da solidariedade entre gerações. O “velho” de hoje foi o jovem de ontem, e o jovem de hoje será o “velho” de amanhã. E amanhã quereremos ter alguém ao nosso lado que nos ajude a manter a energia e a alegria, mesmo no dia em que já não consigamos responder a não ser com um simples sorriso. Esse alguém não tem que ser um voluntário, o ideal é que não o seja.

            Lembrar o valor de um avô e de uma avó, para mim, é também um objetivo deste ano. E quem melhor para manter os seus sorrisos e alegria que o seu neto? Nem é preciso muito esforço, basta fazer-lhes uma visita.

            Eu comprometi-me com uma instituição a tirar 2 horas por semana para o voluntariado, mas nem toda a gente o faz, ou pode fazer. A minha proposta para quem ainda tem os seus avós, é que se comprometa consigo próprio a tirar essas mesmas 2 horas por semana para eles. Não custa nada, acredite. Fazê-los recordar episódios antigos, por exemplo, é uma forma simples de manter os seus cérebros ativos. Fazê-lo durante uma caminhada seria perfeito e ia, de certeza, fazer a diferença.

 

Mariana Oliveira

Voluntária no Lar de Idosos da Santa Casa da Misericórdia de Angra do Heroísmo

 

sinto-me:
publicado por servoluntariosempre às 18:54
link do post | comentar | favorito

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Junho 2014

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30

.posts recentes

. Entrevista ao Diario Insu...

. Até já!

. Boas Festas!

. Dia Mundial da Saudação

. Prémio BPI

. A Solidariedade

. Entrevista ao Diário Insu...

. Entidades Familiarmente R...

. Afetos com 4 patas

. Coro da Academia Sénior, ...

.arquivos

. Junho 2014

. Abril 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Julho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

blogs SAPO

.subscrever feeds